sábado, 2 de maio de 2015

Dicas para evitar Micoses


Micoses são doenças causadas por fungos que se alimentam da queratina, substância encontrada na superfície da pele, unhas e cabelo, que dependendo do tipo de fungo e lesão, podem provocar coceira, ardência, manchas no corpo e odor desagradável.

A micose aparece em forma de manchas brancas, acastanhadas ou avermelhadas, descamativas e bem delimitadas na pele. Nas unhas, as deixa esbranquiçadas, ocas e grossas.

Esse fungo que causa estas infecções sobrevive em condições úmidas e escuras. Ele pode ser transferido de outra pessoa, do solo, de animais domestico ou mesmo objetos compartilhados que esteja contaminado.

Os fungos podem afetar qualquer área do corpo, mas se manifestam com maior freqüência em áreas de dobras como axilas, virilhas, entre os dedos das mãos e pés. Nos dedos geralmente provocam coceiras, dor e rachaduras.

O tratamento depende da gravidade do caso podendo ser de 15 dias a meses. Casos de micoses de unha podem demorar até 12 meses de tratamento.

Tipos mais comuns de Micoses

Ptiríase versicolor : Conhecida como Pano Branco, micose de praia. A pessoa portadora do fungo quando bronzeada, o local afetado fica esbranquiçado, normalmente áreas do pescoço, rosto, braços e troncos. Este tipo de micose não coça e seu tratamento é feito por medicamentos de uso tópico ou via oral.

Infecções por Tinhas : Manchas vermelhas de superfície escamosa, bordas nítidas e normalmente coçam muito, se instala em todo corpo, em cada local tem um nome especifico, sendo:

  • Tinhas Interdigital: Entre as falanges dos dedos dos pés e na parte superior. Coça bastante.
  • Tinhas Plantar: Atacam as plantas dos pés, chamada de Pé-de-atleta, coça bastante.
  • Tinhas das Unhas : Onicomicoses, tipo de fungo que atacam as unhas dos pés e mãos, provocam um tipo de micose que deixa as unhas grossa, descolada do leito, ocas, escurecidas ou amareladas, fofa ou esfarelando, apresentando fissuras.  Algumas complicações podem aparecer  se a micose for tratada, como dor e desconforto ao andar, aparecimento de pé-de-atleta e frieiras e aparecimento de infecções bacterianas.O tratamento para este tipo de micose é lento podendo demorar de 2 a 12 meses.
  • Tinha Crural: Fungo que atacam as virilhas, provocam manchas avermelhadas que  estende das dobras da virilhas até a coxa e região anal coçando bastante.
  • Tinha do couro cabeludo:  Atinge o couro cabeludo, provocando placas com crostas e bastante coceira. O local onde o fungo é reproduzido o cabelo fica com aspecto de cortado.
  • Tinha do corpo: Atinge as costas em formato de túneis avermelhados, coça bastante.
  • Tinhas das mãos: Deixe as mãos avermelhadas e menos esbranquiçadas, coça muito.

A mudança de hábitos de higiene é a melhor maneira de prevenir micoses. Veja as dicas:
  • Secar bem o corpo após o banho, principalmente as dobras da virilha, axilas, dedos dos pés. 
  • Evitar contato prolongado com água e sabão.
  • Evitar andar descalço em locais úmidos como vestiário, saunas, lava pés de clubes e piscinas.
  • Usar somente seu próprio material de manicure.
  • Evitar roupas molhadas.
  • Não compartilhar toalhas, roupas, escovas de cabelo e bonés, pois podem transmitir fungos.
  • Evitar usar calçados fechados e sem ventilação.
  • Evitar roupas quentes e justas, como tecidos sintéticos, pois absorvem o calor e o suor, prejudicando a transpiração da pele, deixando o local úmido, que é ideal para reprodução de fungos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...