quinta-feira, 9 de julho de 2015

Benefícios do Uso de Chrolella para Saúde



A Chrolella (Chlorella Vulgaris) é uma alga unicelular, microscópica, de água doce, muito rica em minerais, aminoácidos e compostos químicos orgânicos desintoxicantes.

Hoje em dia a principal causa das doenças degenerativas como o câncer, a arteriosclerose, o reumatismo, a osteoporose, as doenças cardiovasculares, além do envelhecimento precoce e dos estresse, estão localizadas na alimentação rica em compostos sintéticos, nos excessos em geral (álcool, fumo, drogas, remédios, trabalho, ginástica etc), na poluição ambiental, na redução global da qualidade de vida, na tensão econômica e social, na preocupação excessiva e em outras de menor importância.

A Chrolella constitui uma rica fonte de elementos compostos primários, sendo por isso capaz de repor as perdas orgânicas de micro-minerais e de cristais determinadas pelas causas acimas citadas.

As fontes chamas secundárias (de origem animal) e terciárias (sintéticas) de vitaminas, proteínas e micro-elementos, não tem se mostrado capazes de contribuir para o tratamento ideal da preservação dos males modernos. Isto se deve ao fato de que a maior parte das doenças surgem como resultado de alterações do ambiente intracelular e não extra-celular: desse modo, as perdas minerais do interior das células, não são facilmente compensadas em virtude do enorme tamanho dos compostos provenientes das fontes secundárias e terciárias e que não passam com facilidades pelos poros da membrana celular.

Somente o pequeno tamanho dos compostos e elementos originários das fontes primárias (geralmente de origem vegetal) conseguem penetrar o espaço intracelular e nutrir as células.

Os radicais livres, de compostos ácidos, de toxinas, de resíduos oriundos de um metabolismo nitrogenado exagerado ( consumo excessivo de proteínas animais), deixam o sangue muito mais viscoso, denso e ácido. Com isso tanto a nutrição das células, como a recepção de oxigênio e de gás carbônico (trocas gasosas) fica prejudicada. Também a capacidade das células de descarregar o seu material metabólico (desintoxicação), reduz-se substancialmente.

O suplemento formulado a partir da Chlorella foi criada em 1950, baseada em um projeto de desenvolvimento da produção de um alimento de alto valor nutritivo.

A planta possui em sua composição alto conteúdo em clorofila, o seu fator de crescimento e a sua capacidade de fixarem numerosas substancias tóxicas que a diferencia a Chlorella das outras plantas.

Principais nutrientes encontrados na Chlorella

- Possui todos os aminoácidos essenciais(leucina, leucina, lisina, fenilalanina, tirosina , metionima, cisteína, treonina, triptofano, valina, arginina, histidina, alanina, ácido aspártico, ácido glutâmico, glicina, prolina, serina), incluindo um alto teor de lisina, que propicia uma saúde perfeita.

- Alto teor betacaroteno

- Vitaminas C, E, K

- Vitaminas do complexo B. Os minerais que ela contém incluem cálcio, ferro, fósforo, potássio e magnésio.

- Lipídios

- Fibras

- Carboidratos

- Xantofila

- Clorofila

- Ácido fólico

- Cálcio

- Fósforo

- Ferro

- Sódio

- Potássio

- Magnésio

- A Chlorella contém 60% de proteínas, o que é mais que a carne de soja, carne de vaca e o trigo, sendo capaz de produzir 50% mais proteínas que qualquer outro ser vivo.

- Contém uma quantidade bem alta de beta-caroteno, o precursor da vitamina A, de modo que consegue ter dez vezes mais beta-caroteno que a cenoura.

- Biotina, colina e inositol, PABA, sais minerais e outros componentes importantes para a saúde e o correto funcionamento do organismo.

Benefícios da Chlorella

- Ação Desintoxicante : Desintoxica o organismo, pois propicia a eliminação de toxinas, inclusive metais pesados e pesticidas. Desintoxica e remove as substâncias tóxicas do nosso organismo. Estás substâncias são venenos que entram na pessoa vinda do exterior como pesticidas ou podem derivar do próprio organismo, isto é, quando o cólon (intestino) contém bactérias que produzem substâncias tóxicas ou, ainda, como resultado de metabolismo ineficiente. A Chlorella mostrou ser valiosa como agente desintoxicante. Sua capacidade desintoxicante é devido a sua única parede celular e Sporollenin.

- Combate a Anemia : Previne e auxilia na terapia da anemia, por ser rica em clorofila.

- Regulador intestinal: Estimula o crescimento de bactérias da flora intestinal e promove movimentos peristálticos regulares.

- Auxilia no tratamento da hipertensão arterial.

- Retarda o envelhecimento: O Dr. Michiori Kimura, do Japão, encontrou níveis de 10% de RNA e 3% de DNA na Chlorella, o que fez dela o maior alimento conhecido em ácidos nucleicos. Usada regularmente a Chlorella ajuda a reparar o material genético danificado nas células humanas, protegendo a saúde e diminuindo o processo de envelhecimento.

- Reduz os níveis de glicose e gordura no sangue. Uma reportagem intitulada “Efeitos da Chlorella sobre o Nível do Colesterol no Sangue e no Fígado”, foi editada por um grupo de pesquisadores do Hospital Wakahisa, de Fukuoka, Japão, onde foram administrados 20 comprimidos diários a 16 pacientes durante três meses, sem nenhuma droga anticolesterol. A conclusão foi que o nível de colesterol baixou significativamente. (Or. M. Okuda, Or. T. Hasegawa, Or. M. Sonoda, Or. T. Okabe e Or. Y. Tamaka, do Jornal Japonês de Nutrição, número 33 de 03/08/1975.).

- Emagrecimento: Auxilia na redução de gordura corporal, pois aumenta a saciedade. A Chlorella tem sido empregada contra a obesidade, muito embora não possua nenhum componente capaz de fazer emagrecer diretamente, sabe-se que ela realmente favorece a perda de peso se ingerida antes das refeições: supre o sangue dos principais nutrientes necessários, produzindo assim inibição parcial da fome. Trata-se portanto, de um tipo de emagrecimento ‘fisiológico’ ideal, incapaz de produzir danos, curiosamente, depois de atingir o peso ideal, após o período de perda bem lenta, a pessoa não mais emagrece.

- Melhora a atividade cerebral: por concentrar alta presença de fósforo em sua composição.

- Fortalece o sistema imunológico.

- Ação cicatrizante.

- Combate a Lepra (Hanseníase), por ter grande quantidade de caroteno. Na Venezuela o Dr. Jorgensen e o Dr. Convit usaram uma sopa de alga em pacientes muito debilitados e em estados avançados de lepra, com idades variadas, desde crianças até alguns com 70 anos de idade. Diariamente, a dosagem era de 400ml para crianças e 600ml para adultos. Este tratamento continuou por períodos variáveis, entre 1 a 3 anos. Não foi encontrado nenhum caso de reação adverso e em muitos casos a melhora foi notável.

- Combate ao Câncer: Um trabalho conjunto de pesquisadores da Universidade de Kamazawa, Japão e de Taipei, em Taiwan, foi apresentado no Congresso Internacional de Reims, na França, em 1985. Ele falava sobre os efeitos antitumorais da Chlorella e excepcional aumento no sistema imunológico. Em vários estudos em cobaias, os tumores têm sido vencidos com a inoculação de derivados da célula da Chlorella. O notável aumento da força do sistema imunológico foi devido a administração da Chlorella. (“Imunomodulação por Alga Unicelular Chlorella Pyrenoidosa – e Atividades Anti- Tumor em Cobaias Inoculadas”, pelo Dr. N. Yamaguchi e equipe do Departamento de Hematologia e Microbiologia da Universidade de Kamazawa, Japão e Departamento de Bioquímica da Universidade de Taipei, Taiwan, na República da China).O ácido polissacarídeo Chlon A, obtido no extrato da Chlorella Pyrenoidosa mostra um excelente efeito carcinostático contra vários tumores em cobaias. Este efeito pode ser caracterizado pela ausência de alguma relação proporcional entre a quantidade de Chlon A e o efeito carcinostático. Em outras palavras: Chlon A exerce seu efeito em qualquer concentração. Mais ainda, Chlon A tem o efeito de intensificar o potencial de imunização, que é o aumento das células participantes da imunização. (“O Ácido Polissacarídeo, Chlon A, Chlorella Pyrenoidosa”, I. Umezawa e equipe, Quimioterapia, volume 34, número 4, 1986).

- Stress: Chlorella é eficiente graças a reposição mineral intracelular de que ela é capaz.

- Gastrites : Experiencias em hospitais japoneses provaram que a Chlorella é muito eficaz no tratamento das úlceras gástricas e duodenais.

- Combate da Necrose do fígado: As pesquisas mostraram que a proteína da alga é “surpreendentemente de alta qualidade”, superior mesmo da clara de ovo e dos produtos do leite, e muito superior a proteína derivadas de plantas como espinafre e alfafa. Dr. Fink concluiu que a Chlorella pode prevenir a gangrena do fígado e sugeriu dar Chlorella às pessoas que sofrem de “Kwashiorkor” ao invés das proteínas do leite.

É UM ALIMENTO NUTRITIVO
- Possui proteína, 20 vezes mais que o leite.

- Vitamina E, 14 vezes mais que o ferro.

- Vitamina B1, 4,6 vezes mais que o arroz.

- Vitamina B2, 11 vezes mais que o ovo.

- Cálcio, 2,1 vezes mais que o leite.

- Potássio, 5,8 vezes mais que o leite.

- Ferro, 46 vezes mais que o fígado.

- Contém 65% de proteína de fina qualidade e também alta concentração de vitaminas e aminoácidos essenciais (Prof.Mitsuda/ Kyoto University).

Fonte: Purachlorella

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...