domingo, 27 de setembro de 2015

Alimentos que Diminui o Gama-GT e limpam a Gordura do Figado

Resultado de imagem para gordura no figado




O Gama-GT ou gamaglutamiltransferase (GGT) é uma enzima que pode ser encontrada em membranas celulares e em diversos órgãos do corpo, como rim, fígado, vesícula biliar, baço e pâncreas, esta enzima está envolvida na transferência de aminoácidos através da membrana celular. O fígado é a principal fonte de GGT no sangue. 


Níveis de Gama-GT elevado é sinal de inflamação (hepatite) no fígado ou lesão nas células do nosso corpo que são ricas desta enzima. O consumo frequente de álcool, drogas ou a ingestão habitual de determinados medicamentos podem produzir a alteração da Gama GT. 

Quanto mais alto o valor de Gama-GT maior é o grau de inflamação hepática

Valores de referência para Gama-GT: 


-Homem: 08 a 61 U/L 
-Mulher: 05 a 36 U/L 

Algumas das razões mais frequentes do aumento de seus níveis são:

-Alcoolismo
-Hepatite 
-Diabete 
-Cirrose hepática 
-Doenças pulmonares ou do pâncreas e insuficiências cardíacas 
-Falta de fluxo de sangue no fígado 
-Tumor no fígado 
-Uso de drogas tóxicas para o fígado 

Cuidados a ser tomados para evitar elevação do Gama-GT: 

– Manter alimentação saudável rica em frutas, legumes, vegetais, carnes magras; 
– Praticar exercícios regularmente; 
– Introduza na dieta alimentos anti-inflamatórios e ricos em ômega 3; 
– Evite o consumo de bebidas alcóolicas e cigarros; 
– Reduza o IMC (Índice de Massa Corpórea); 
– Reduza o consumo de frituras e açúcares. 
– Eliminar o consumo de bebidas alcoólicas; 
– Evitar o consumo de alimentos ricos em hidratos de carbono simples ou em gorduras, tais como as sanduíches, as pizzas, os hambúrgueres;
– Ter uma dieta diária rica em fibras e vitaminas.

Alimentos que diminui a Gordura no Fígado 

A gordura no fígado (esteatose hepática) tem diversas causas, sendo as principais a obesidade e a diabetes, uma da formas de tratamentos é a base de dieta saudável com objetivo atingir o peso ideal, sem implicar alterações nas necessidades nutricionais diárias. 

A dieta apropriada deverá ser pobre em hidratos de carbono simples, e rico em vegetais e frutas, alimentos integrais, e ainda, em gorduras essenciais, como os ácidos graxos (mono e polinsaturados). 

Hidratos de carbono

Hidratos de carbono permitidos - Alimentos integrais como pão integral, farelos, leguminosas, biscoitos integrais. 

Quanto aos hidratos de carbono simples, presentes em alimentos ricos em açúcar, doces, devem ser evitados ao máximo, pois o seu consumo regular irá aumentar os níveis de glicose no sangue, excesso esse que é transformado em triglicerídeos, tipo de gordura que está na origem da esteatose hepática. 

Da mesma maneira, no consumo de frutas devem ser privilegiadas aquelas com menor índice glicêmico, pois as mais ricas em açúcar irão resultar também no aumento dos níveis de concentração de glicose no sangue.


As fibras solúveis são importante no controle e no tratamento da esteatose hepática. Estas fibras, ao associarem-se no trato digestivo com a glicose e com as gorduras, irão dificultar a absorção de gorduras para o sangue, diminuindo dessa forma os níveis de concentração destes nutrientes. 


A ingestão de gordura deve ser reduzido, preferir o consumo de gorduras essenciais – os ácidos graxos (polinsaturados e monoinsaturados). Este tipo de gordura irá ter um efeito protetor da função cardíaca e influenciar no perfil lipídico sérico. 

O consumo de gorduras essenciais deve ser controlado, já que são normalmente alimentos muito calóricos. 

Como exemplos de alimentos ricos em gorduras essenciais temos o azeite, frutos secos, atum, sardinha, salmão, e ainda, cereais como a quinoa e a linhaça. 

Para o consumo de leites e seus derivados, deve procurar ingerir os produtos desnatados e magros.


Uma pequena quantidade de alho tem a capacidade de ativar as enzimas do fígado que ajudam o seu corpo a eliminar as toxinas. O alho também contém grandes quantidades de alicina e selênio, dois compostos naturais que ajudam na limpeza do fígado. 

Toranja 

Rica em vitamina C e antioxidantes, a toranja aumenta os processos naturais de limpeza do fígado. Um pequeno copo de suco de toranja recém-espremido ajuda bastante a aumentar a produção de enzimas de desintoxicação do fígado que ajudam a eliminar substâncias cancerígenas e outras toxinas. 


Ambas são extremamente ricas em flavonóides e beta-caroteno. Incluir beterraba e cenoura na sua alimentação pode ajudar a estimular e melhorar as funções gerais do fígado. 


Rico em antioxidantes conhecidos como catequinas, compostos que ajudam no bom funcionamento da função hepática. 

Vegetais de folhas verdes

As folhas verdes podem ser usadas cruas, cozidas ou em sumo. As folhas verde são ricas em clorofila estes vegetais têm a capacidade distinta para neutralizar os metais pesados, os produtos químicos e pesticidas, fazendo deles um poderoso mecanismo protetor para o fígado. 

Adicione estes vegetais na dieta, pois  melhora o fluxo da bile : abóbora amarga, rúcula, dente de leão, espinafre, mostarda e chicória. 


Rico em nutrientes o abacate ajuda o corpo a produzir glutationa, um composto necessário para o fígado purificar as toxinas prejudiciais. 


Ricas em pectina, as maçãs seguram os componentes químicos necessários para o corpo limpar e libertar toxinas a partir do trato digestivo. Isto, por sua vez, vai fazer com que seja mais fácil para o fígado limpar as toxinas. 

Azeite de oliva

Ajuda o corpo, fornecendo uma base lipídica que pode aspirar as toxinas existentes no corpo. Deve ser usado com moderação por ter alto valor calórico. 

Grãos Integrais

Os grãos, como o arroz integral, são ricos em vitaminas do complexo B, nutrientes conhecidos como benéficos para a metabolização da gordura total, função hepática e do descongestionamento do fígado. 

Limão e lima

Contêm quantidades muito elevadas de vitamina C, que auxiliam o corpo a sintetizar materiais tóxicos em substâncias que podem ser absorvidas pela água. Beber suco de lima ou limão recém-espremido na parte da manhã ajuda a estimular o fígado. 

Nozes

Rico em arginina, um aminoácido que ajuda na conversão da amônia, substância tóxica neutralizada pelo fígado e convertida pela Arginina em uréia. As nozes também são ricas em glutationa e ácidos graxos ômega-3, que ajudam na limpeza do fígado. 


Bem como os brócolos e a couve-flor, comer repolho ajuda a estimular a ativação de duas enzimas desintoxicantes do fígado cruciais que ajudam a eliminar as toxinas. A dica é comer salada de repolho, sopa de repolho e couve. 
Fonte: Umcomo e Vapza

8 comentários:

  1. Muito bom o texto de como melhorar o funcionamento do fígado, e eliminar toxinas.

    ResponderExcluir
  2. Otima matéria!!!!
    Parabéns...texto mto bom

    ResponderExcluir
  3. blz fas bem ajuda as pessoas

    ResponderExcluir
  4. Muito bom o texto, nos ensinando como se manter com as enzimas controladas seguindo a dieta saudável de alimentos que controla as enzimas fazendo o uso com restrições sem excesso. tudo estar se referindo a saúde do fígado.

    ResponderExcluir
  5. Meu exame deu 54 gama GT. A medica me reprovou num exame admissional. Porq disse ter alteração. Alguém pode me dizer se tá mesmo alterado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia. Veja os valores de referência:

      -Homem: 08 a 61 U/L
      -Mulher: 05 a 36 U/L

      54 U/L para mulher está alterado. É bom vc procurar o médico para que possa fazer novos exames, pode ser que tenha algum problema no fígado, mas é preciso outros exames para comprovar.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...