quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Cuidados Necessários na Alimentação de Pacientes em Ciclo de Quimioterapia

Muitos paciente que vai realizar o primeiro ciclo de quimioterapia geralmente busca por conta própria algo que poderá lhe proporcionar uma melhora na imunidade. O resultado desta procura, no entanto, pode ser justamente o inverso, principalmente quando a opção é pelo consumo de multivitamínicos.

Vitaminas e minerais são benéficos para o metabolismo, mas sem indicação de um especialista, esta prática pode prejudicar o tratamento, pois o excesso de vitaminas e minerais pode interagir com os quimioterápicos, diminuindo a eficácia deles. 

O certo é o paciente passar por avaliação feita pelo serviço especializado em nutrição oncológica. Sendo importante:

- Avaliar toda a dieta do paciente.
- Quantificar o consumo de cada micronutriente.
- Verificar todos os exames de sangue preconizados e, a partir desta análise, observar se paciente apresenta deficiência de algum nutriente específico. 

É recomendável, durante o tratamento, o consumo de antioxidantes pelas frutas, verduras e legumes, pois com este hábito alimentar dificilmente o paciente vai extrapolar a quantidade ideal. 

Dicas

- O paciente em tratamento quimioterápico deve adotar uma dieta baseada na pirâmide alimentar, atentar para a importância do cuidado com a higienização dos alimentos, pois o paciente oncológico tem um perfil de imunossupressão (redução da eficiência do sistema imunológico que pode levar a um risco maior de contaminação.
- É aconselhado beber bastante água e obter outras formas de hidratação. 

Os mitos do chá verde, graviola e cogumelo do sol 

Chá verde 

O chá verde é um alimento que se apresenta como um dos elementos de uma alimentação saudável que contribui para a prevenção do câncer por ser rico em flavonóides (que, dentre outros funcionalidades, ajuda a proteger o sistema de reparo do DNA contra tumores), o chá verde pode prejudicar a eficácia do tratamento com quimioterapia.

Embora sejam poucos os estudos e ainda restritos aos modelos animais, podemos afirmar que há evidência científica de que o chá verde precisa ser evitado durante a quimioterapia, pois pode atrapalhar a ação de algumas drogas.

Graviola 

A graviola também precisa ser evitada, pois o seu consumo durante o tratamento é tóxico para o fígado e rim. 

Cogumelo do sol

O cogumelo do sol é tóxico para o fígado e não melhora a imunidade.

Gengibre

O gengibre é um aliado do paciente em tratamento quimioterápico, mas sem a necessidade de se fazer o uso dele por meio de cápsulas e sim por meio do consumo da própria raiz, hábito este que ajuda o paciente a controlar sintomas, principalmente de náuseas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...