terça-feira, 8 de março de 2016

Uso constante de Lacto-Purga (Bisacodil) pode causar dependência, aumento da pressão arterial e cálculos renais


Os laxantes, muito usado sem orientação médica e farmacêutica para perder peso e prevenir a constipação, quando tomados com muita frequência, têm o poder de causar dependência. O intestino pode perder sua habilidade para funcionar bem, causando desequilíbrio eletrolítico e hipocalemia.

Um dos medicamentos mais usados atualmente é o Bisacodil, famoso Lacto-Purga, este medicamento é indicado para o tratamento da prisão de ventre; no preparo do paciente para exames diagnósticos, e antes ou após procedimentos cirúrgicos, também é indicado em casos em que é necessário facilitar a evacuação.

O Bisacodil é um laxante de ação local, atua diretamente na parede do intestino, estimula o movimento intestinal e promove acúmulo de água dentro do intestino, facilitando a eliminação das fezes. O início da ação ocorre após 6 à 12 horas.

O uso do Bisacodil tem algumas restrições, não tome este medicamento se :

- Tiver íleo paralítico (intestino para de funcionar)
- Obstrução intestinal
- Condições abdominais agudas (como apendicite, inflamação aguda do intestino)
- Dor abdominal grave com enjoo e vômitos, que podem indicar problemas graves
- Tiver intensa desidratação
- Intolerância a galactose

Muitas pessoas usam este laxante constantemente para emagrecimento, mas muitos não sabem que o Bisacodil não deve ser utilizado diariamente por período prolongado sem investigação da causa da prisão de ventre. O uso por longo tempo pode provocar a perda de líquidos, sais minerais e a diminuição de potássio no sangue.

A perda de líquidos pelo intestino pode levar a desidratação, tendo como sintomas sede e baixa produção de urina. Pacientes com mau funcionamento dos rins e idosos com perda de líquidos devem interromper o uso.

O uso a longo prazo e em altas doses pode causar diarreia crônica, dor abdominal, diminuição do potássio no sangue, produção excessiva do hormônio aldosterona, causando aumento da pressão arterial e cálculo renal. Há casos de lesão grave dos rins, alteração na acidez do sangue e fraqueza muscular por causa da diminuição do potássio.

Outro dano causado com o uso constante pode ser o surgimento de sangue nas fezes, que normalmente é leve e desaparece espontaneamente.

As interações medicamentosas que ocorre deve ser levada em consideração, veja as principais :

- Doses excessivas de Bisacodil junto com diuréticos aumenta a produção de urina (furosemida)

- Uso com os corticoides (como a dexametasona) podem aumentar o risco de perda de sais minerais, sendo que a perda de sais minerais pode aumentar a sensibilidade aos glicosídeos cardíacos (como os digitálicos).

Reações comuns causada pelo uso de Bisacodil

- Mais comuns : Cólicas abdominais, dor abdominal, diarreia, náusea (enjoo).

- Incomuns: tontura, sangue nas fezes (hematoquezia), vômitos, desconforto abdominal, desconforto anorretal (na região do ânus).

- Rara: reação anafilática (reação alérgica grave), edema angioneurótico (inchaço dos lábios, língua e garganta), hipersensibilidade (alergia), desidratação, síncope (desmaio), colite (inflamação no intestino).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...