domingo, 22 de maio de 2016

Benefícios da Castanha-do-pará para a Saúde


Castanhas do Pará é um alimento retirado das sementes da castanheira do Pará (Bertholettia excelsa, família Lecythidaceae).

Esta semente é a principal fonte alimentar de selênio, sendo que em 100 g das mesmas possuem 1917 µg desse mineral, o que representa 3485% das nossas necessidades diárias.

As sementes ainda contêm quantidades significativas de:

- magnésio (106%)

- fósforo (104%)

- manganês (58%)

- vitaminas do complexo B (especialmente a tiamina, 54%)

- zinco (43%)

- vitamina E (38%)

- fibras (30%)

- cálcio

- potássio

- ferro

*Estas porcentagens têm como base 100g de castanhas e uma correlação com as recomendações diárias para um indivíduo adulto.

Diminui os níveis de Colesterol LDL

Apesar de ser muito gordurosa, sendo que 
22% de sua composição é de gorduras do tipo saturada, a castanha do Pará possui ácidos graxos (oleico e palmitoleico) que ajudam a aumentar os níveis de colesterol HDL e a diminuir os de colesterol LDL.
O colesterol do tipo HDL ajuda a evitar doenças cardíacas, já o excesso de LDL está muito associado à ocorrência de aterosclerose, processo inflamatório nas artérias que pode provocar infartos. A ingestão diária de 15 a 25 g de castanha do Pará diminui os níveis de colesterol total e LDL.

Controla a Hipertensão

A castanha do Pará também possui um considerável teor do aminoácido arginina (100 g de sementes têm 2,148 g), que nosso corpo utiliza para a síntese do gás óxido nítrico, um potente vasodilatador, ajudando no tratamento da hipertensão.

Câncer

Os benefícios da castanha do Pará contra o câncer são decorrentes, sobretudo, dos efeitos do selênio em nosso organismo.

Existe uma enzima do sistema de defesa antioxidante do nosso organismo chamada glutationa peroxidase, que precisa do selênio para desempenhar suas funções. Quando em excesso, os agentes oxidantes podem induzir mutações que promovem o surgimento de células cancerígenas.

Reduz a inflamação da Tireoide

A castanha é muito rica em selênio, substância antioxidante que tem o poder de reduzir a inflamação da tireoide, potencializando a ação dos hormônios repostos. O selênio está presente em outros alimentos, como a carne, o feijão e os frutos do mar, mas no Brasil, nenhum outro é melhor que a castanha.

Elimina substancias tóxicas do organismo

O selênio tem a capacidade de proteger as células cerebrais evitando doenças neurodegenerativas. Esse mineral ajuda o organismo a se desintoxicar, eliminando substâncias tóxicas e metais pesados que possam ter se alojado nas células prevenindo contra o mal de Alzheimer.

Apenas uma castanha por dia já é suficiente para suprir a quantidade de selênio necessária.

Se consumido em excesso, o selênio pode ter efeito tóxico, pois ingerindo com exagero todos os dias a pessoa irá ficar com um bafo de alho e o consumo exagerado não potencializa a ação das proteínas com o selênio, o que pode ocorrer é ganho peso, pois a castanha é muito calórica.

Benefícios do Zinco e Potássio presente nas castanhas


O zinco presente nas castanhas é um dos principais responsáveis pela produção de glóbulos brancos, controla a pressão arterial, reduz sintomas da TPM e o potássio colabora no desenvolvimento dos músculos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...