segunda-feira, 18 de julho de 2016

Saiba diferenciar H1N1 de Gripe normal e Resfriados


Doenças como a gripe comum e a gripe H1N1 costumam acontecer mais em épocas frias, porque a penetração do vírus pelas vias respiratórias é facilitada nesse período. Com as mudanças climáticas, essa delimitação das estações do ano já não está mais acontecendo como antigamente, por isso, a prevenção vale o ano todo.

Gripe Comum

A gripe, também conhecida como influenza, é uma doença viral febril, aguda, geralmente benigna e autolimitada, tem tempo de duração. 

Principais características:

- Início abrupto dos sintomas, que incluem febre, calafrios, tremores, dor de cabeça, dores no corpo (mialgia).

- Perda de apetite.

- Tosse seca.

- Dor de garganta e coriza. 

- A infecção geralmente dura uma semana, sendo que os sintomas persistem por alguns dias, principalmente a febre e tosse.

- São três tipos de vírus influenza, o A, B e C.

H1N1

A H1N1 é uma doença respiratória dos porcos causada por um vírus de influenza tipo A, que é motivo de surtos regulares em porcos. Estudos mostraram que esse vírus pode se disseminar de pessoa para pessoa, deste modo ficamos tão debilitados por não possuirmos imunidade contra esse vírus.
Os principais sintomas são bem parecidos com o da gripe, que são caracterizados por :

- Febre, tosse, garganta inflamada, dores no corpo, dor de cabeça, calafrios e fadiga.

- Pode causar diarreia e vômitos. 

- Nesta gripe, a tosse seca é mais prolongada e a febre costuma ser muito forte.

- O vírus H1N1 replica-se com muita facilidade nas regiões próximas aos pulmões, podendo infectar o órgão, causando pneumonia em alguns casos e levando à morte quando não há cuidados. A gripe sazonal costuma permanecer na região do nariz até a traqueia apenas.

Resfriados

O resfriado é uma doença respiratória muito confundida com a gripe, mas é causado por vírus diferentes. Os vírus mais comuns associados ao resfriado são os rinovírus, os vírus parainfluenza e o vírus sincicial respiratório. 

Os sintomas do resfriado, apesar de parecidos com da gripe, são mais brandos e duram menos tempo, entre dois e quatro dias. São eles:

- Tosse, congestão nasal, coriza, dor no corpo e dor de garganta leve. 

- A febre é bem mais rara de acontecer.

Tratamento

O tratamento dos sintomas da influenza sem complicações: 

- Hidratação
- Antitérmico
- Alimentação leve e bastante repouso.
- Em caso de muito coriza é indicado antialérgicos como loratadina ou dexclorfeniramina. 

Nos casos com complicações graves, é necessário um tratamento intensivo. Uma das principais complicações da influenza são as infecções bacterianas secundárias, principalmente as pneumonias. Em caso de complicações, o tratamento deve ser específico e feito em hospital, pode ser necessário até internação.

Vacina

A prevenção é o melhor remédio,  principalmente nos grupos de riscos (idosos, crianças e mulheres grávidas e amamentando). 

Existe muitos mitos em relação a vacina portanto fique sabendo que:
 
- A vacina é composta por fragmentos dos vírus ou por vírus mortos e por isso não dá gripe.

- Esta vacina em geral não dá sintomas de desconforto depois. 

- As reações são bastante individuais. Algumas pessoas podem apresentar mal-estar e um pouco de dor no local da aplicação, mas esses sintomas não são suficientes pra desistir de tomar a vacina e ficar protegido. 

A vacina é oferecida gratuitamente, procure uma unidade de saúde e fique imunizado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...