terça-feira, 9 de agosto de 2016

O que provoca o Amarelamento dos Dentes


Hoje em dia todo mundo quer apresentar uma boa aparência física e uma das partes principais do corpo é o estado dos dentes, dentes brancos e bem tratados melhora em muito o sorriso, porém a cor dos dentes depende de cada pessoa. 


De acordo com estudos há um condicionante genético importante que define a coloração de nossos dentes desde que nascemos, existem doenças congênitas como a dentinogênese ou amelogênese imperfeita, que provocam problemas no esmalte ou na dentina, fazendo que estes adquiram uma cor amarelada ou até marrom.

Outro problema que pode amarelar os dentes é alterações endócrinas de hormônios da tireoide que também influem na cor dos dentes e podem provocar manchas e alterar sua cor.

Alguns alimentos e bebidas têm pigmentos que podem passar pelos poros de nosso dentes ou, como os dentistas os chamam, os canalículos dentinários, da dentina. Os mais conhecidos são o café, chá preto e chá verde, cuja pigmentação pode amarelar os dentes. O vinho tinto e os refrigerantes por ter corantes também mancham os dentes. O mesmo acontece com os alimentos que têm caroteno (um pigmento natural antioxidante), como tomate e cenoura.

Outro fator que contribui para o amarelamento dos dentes é o flúor, que em quantidades adequadas ajuda a prevenir cáries, mas em excesso acaba manchando-os.

Alguns tipos de antibióticos, como a tetraciclina, podem provocar uma alteração durante a formação do dente, fazendo com que este se desenvolva com uma cor parda estriada, enfraquecendo-os e deixando propenso a cáries.

Outros produtos que fazem com que os dentes fiquem amarelados, segundo os especialistas, são os enxaguantes bucais.

A idade também pode influenciar a cor dos dentes À medida que envelhecemos, os dentes vão amarelando, sendo normal que, com a idade, os dentes amarelem, pois desde que nascemos até nossa morte os submetemos a uma série de condições que provocam mudanças neles.

Quando o nervo ou polpa do dente é danificado, ele também pode escurecer.

Tratamentos


- Hoje existem novas soluções como a utilização de resinas, que ajudam na prevenção do amarelamento, podemos ter cuidado com a limpeza dos nossos dentes e também evitar o consumo excessivo de certos alimentos e bebidas.

- Muitos tratamentos caseiros de branqueamento não têm capacidade terapêutica, como alguns anunciados na televisão e que prometem um branqueamento em até oito tons - o que é impossível.

- Higiene dental é fundamental e, para fazer o branqueamento o melhor é procurar um dentista.

- O ideal é ir ao dentista e ver o que se pode fazer para branqueá-los e, acima de tudo, descartar patologias prévias.

- Remédios caseiros como o bicarbonato com limão é preciso ter cuidado, pois é um ácido que causa erosão e cujo efeito seria o mesmo que esfregar uma lixa no dente.

- Pastas de dente branqueadoras também podem não cumprir o que prometem. Podendo ser apenas truque das cores (o oposto do amarelo é o violeta); as partículas violetas que impregnam o dente provocam a sensação de falso branqueamento.

Com informação de BBC

2 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...