sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Como escolher o Repelente Ideal



No verão é comum no Brasil o aumento de mosquito e consequentemente maior casos de dengue, porém neste ano tem mais uma preocupação, a febre amarela, que também pode ser transmitida pelo mosquito Aedes aegypti.

Diante da proliferação do Aedes aegypti, a população além de combater os focos do mosquito precisar escolher repelentes que protejam do mosquito transmissor.

No mercado é possível escolher os repelentes que oferecem uma proteção contra o mosquito, mas alguns trazem a proteção maior e por mais tempo.

Os principais repelentes vendidos tem como substâncias o DEET (dietiltoluamida), IR 3535 e Icaridina.

Repelentes com Icaridina

A Icaridina é uma substância repelente que cria uma espécie de nuvem de quatro centímetros na área aplicada e evapora durante dez horas seguidas, diferente de repelentes com a substância Deet, por exemplo, que age por 20 minutos com eficácia.

Estudos científicos mostram que a icaridina 20- 25% fornece mais proteção contra o mosquito da dengue do que o DEET – 6-9%.

Com a proteção mais garantida, o produto é indicado também para gestantes, no Brasil, a Icaridina, da marca Exposis, contém 20% de concentração em sua edição gel e 25% na edição spray, números exatos aos recomendados pela OMS (Organização Mundial de Saúde).

Liberados para gestantes e para bebês acima de 2 anos. Concentração de 10% confere proteção por um período de 3-5 horas e, a 20%, de 8-10 horas. Eficácia contra o Aedes aegypti é de 1,1 a 2,0 vezes mais potente do que os repelentes contendo DEET. Promove proteção por períodos prolongados (até 8 horas).

Repelentes com DEET (dietiltoluamida)

É o repelente mais comum. Concentração entre 10% e 50% podem ser utilizados por grávidas. Crianças de 6 meses a 12 anos podem utilizar em concentração máxima de 10.

A duração da proteção é proporcional à concentração (exemplo: 6,5% protege por 2 horas, 23% protege por 5 horas). 

No caso de exposições prolongadas, é preferível o uso de concentrações mais elevadas do que a reaplicação frequente de concentrações menores. No Brasil a concentração máxima é de 15% (proteção por 6 horas) e as versões infantis 6-9% protegem por 2 horas. As gestantes devem optar pelo repelente de adultos devido ao tempo de proteção.

Repelentes com IR 3535

Em concentração de 20%, é eficaz contra Aedes por um período de 4 a 6 horas. Pode ser usado por gestantes, pois possui bom perfil de segurança.

Repelentes indicados para crianças

- As crianças até 6 meses de idade não podem usar repelentes.

1. Repelentes para crianças entre 6 meses e 2 anos de idade


Repelentes que contenham na sua fórmula a seguinte substância:

- IR3535 – duração de até 4 horas, aplicar uma vez ao dia


2. Repelentes para crianças entre 2 e 7 anos de idade


Repelentes que contenham na sua fórmula uma das seguintes substâncias:

- IR3535 – duração de até 4 horas, aplicar até duas vezes ao dia

- Icaridina 20-25% – duração de 10 horas, aplicar até duas vezes ao dia

- DEET infantil 6-9% – duração de 4-6 horas, aplicar até duas vezes ao dia


3. Repelentes para crianças a partir de 7 anos de idade


Repelentes que contenham na sua fórmula uma das seguintes substâncias:

- Icaridina 20- 25% – duração de 10 horas, aplicar até três vezes ao dia

- DEET infantil 6-9% – duração de 4-6 horas, aplicar até três vezes ao dia

- IR3535 – duração de até 4 horas, aplicar até três vezes ao dia


Com Informação de ndonline

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...