quarta-feira, 26 de junho de 2019

Café ajuda Emagrecer


De acordo com um estudo realizado na Inglaterra, o consumo de Café pode estimular 'gordura boa' e ajudar na perda de peso.

Existe um tipo de gordura no corpo que, quanto mais, melhor; e tomar café pode ser benéfico ao ajudar essa gordura a entrar em ação, contribuindo para a perda de peso - para alguns pesquisadores, uma aposta no combate à obesidade.

O estudo analisou os efeitos de um copo de café na gordura marrom em humanos, um tipo de tecido descoberto recentemente em adultos e que, diferente da gordura mais famosa, a branca, é inversamente proporcional ao peso - ou seja, pessoas obesas tendem a apresentar menos gordura marrom no corpo e as mais magras, mais gordura deste tipo.

Também diferente da gordura branca, que armazena energia, a marrom queima calorias. Enquanto a branca está em todo o corpo, como na barriga e abaixo da pele, a marrom está em camadas mais profundas, na região do pescoço e do coração.

Outra característica dessa gordura recentemente confirmada em adultos é seu papel fundamental no controle da temperatura do corpo, esquentando-o e aumentando a atividade no frio - tanto que, há até pouco tempo, o comum era mostrar sua presença em mamíferos que hibernam e em bebês.

A gordura marrom tem a função de ajudar na termorregulação no corpo dos bebês, que precisam se adaptar a temperaturas diferentes do ambiente intrauterino.

Café estimula as funções da Gordura Marrom

De acordo com a pesquisa realizada, com a ingestão de cafeina, as células mostraram atividade metabólica aumentada, como no consumo de oxigênio e abundância de proteínas. Nos indivíduos, a região do pescoço teve aumento de temperatura, o que segundo os autores indica também mais atividade em uma região que coincide com a presença da gordura marrom.

"Juntos, esses resultados demonstram que a cafeína pode estimular as funções da gordura marrom (...) e que esta tem o potencial de ser utilizada terapeuticamente em humanos adultos", diz um trecho do artigo.

Os autores dizem ainda que, na literatura, já houve diversos trabalhos que associaram o consumo de cafeína à perda de peso, mas nenhum analisou especificamente este papel na gordura marrom.

"Este é o primeiro estudo a determinar que os efeitos estimulatórios da cafeína (...) observados in vitro podem ser traduzidos em humanos adultos após a ingestão de uma dose de café comumente consumida".

Consumo Ideal de Café por dia

O consumo seguro diário para adultos sem nenhuma sensibilidade à cafeína é no máximo de 400 mg da substância por dia, o que equivale a cerca de 6 mg de cafeína por quilo de peso corporal. Confira a recomendação máxima por dia: 4 xícaras de café fresco (225 ml).

Com informação de BBC

sexta-feira, 21 de junho de 2019

Dicas para Aliviar Dor no Estômago e Azia




Ainda que azia e dor no estômago não deve ser ignorado, existem muitos procedimentos para aliviar o estômago que você pode experimentar antes de ir ao médico. Estes podem ajudar a diminuir seus sintomas e evitar problemas maiores mais tarde.

Veja algumas dicas para aliviar Azia:

- Coma refeições menores, mas com mais frequência. Um estômago cheio coloca pressão sobre o esfíncter esofágico inferior (EEI), um músculo semelhante a uma válvula que impede o ácido estomacal de se voltar para o esôfago.

- Coma de maneira lenta e relaxada. Quando a comida enche seu estômago mais rapidamente, coloca mais pressão sobre o LES.

- Permaneça em pé depois das refeições. Deitado aumenta a pressão sobre o LES, o que torna o refluxo ácido mais provável.

- Evite comer tarde da noite. Comer uma refeição ou lanche dentro de três horas para dormir pode piorar os sintomas de refluxo e azia. Deixe tempo suficiente para o estômago se esvaziar.

- Não se exercite imediatamente após as refeições. Dê tempo ao seu estômago para esvaziar; espere algumas horas depois de comer antes de se exercitar.

- Incline o tronco com uma cunha na cama. Elevar um pouco o tronco com uma almofada em forma de cunha reduz a pressão sobre o LES e pode aliviar a azia noturna.

- Não apoie a cabeça e os ombros com travesseiros, pode piorar o refluxo.

- Fique longe de bebidas carbonatadas. Eles causam arroto, o que promove o refluxo do ácido do estômago.

- Evite os alimentos que desencadeiam seus sintomas e evite-os. Alguns alimentos e bebidas aumentam a secreção ácida, retardam o esvaziamento do estômago ou afrouxam as condições do LES - que preparam o terreno para a azia. Os ofensores comuns incluem alimentos gordurosos, alimentos condimentados, tomates, alho, leite, café, chá, coca-cola, hortelã-pimenta e chocolate.

- Mastigue chiclete sem açúcar após uma refeição. Goma de mascar promove a salivação, que neutraliza o ácido, acalma o esôfago e lava o ácido de volta para o estômago. Evite sabores de hortelã-pimenta, que podem provocar azia.

- Verifique seus medicamentos. Pergunte ao seu médico ou farmacêutico se algum dos medicamentos que você toma pode piorar o refluxo ácido ou inflamar o esôfago. Por exemplo, os antidepressivos tricíclicos, como a amitriptilina, soltam o LES e as tetraciclinas, como a doxiciclina, podem causar inflamação esofágica.

- Perca peso se precisar. Estar acima do peso coloca mais pressão sobre o estômago (e o LES).


Se ao mudar seus hábitos alimentares e outras medidas preventivas e ainda tiver sintomas de azia, converse com seu médico. Ele pode aconselhá-lo sobre quais medicamentos será necessário para o tratamento e recomendar acompanhamento adicional, se necessário.


quinta-feira, 13 de junho de 2019

Alimentos que deixam o Organismo mais Resistente - Aumenta a Imunidade


A imunidade significa proteção contra doenças infecciosas. As células e moléculas responsáveis pela imunidade constituem o sistema imune, e sua resposta coletiva e coordenada à introdução de substâncias estranhas no organismo é chamada resposta imune.

A defesa contra os micróbios é mediada pelas reações iniciais da imunidade inata pelas respostas mais tardias da imunidade adquirida.

O sistema imunológico deve estar resistente para ficarmos livres de doenças como gripes, resfriados e herpes que são doenças comuns que aparecem quando a imunidade está baixa.

Consumindo alimentos certos e evitando alguns que enfraquece o sistema Imune, você ficará livre dessas doenças.

Alimentos que enfraquecem o sistema imunológico ou deixa a recuperação mais lenta:

- Leite e derivados;
- Açúcar refinado;
- Cafeína;
- Sal;
- Álcool. 
Alimentos industrializados e ricos em gorduras trans


Alimentos que deixa o sistema imunológico mais resistente:

- Alho: Função imunoprotetora, contem selênio e zinco, nutrientes importantes para evitar gripes, resfriados e outras doenças. Pode ser consumido no tempero das preparações e adicionado cru para temperar.

- Cebola: Quercitina presente no alimento é um potencializador da função imune, prevenindo doenças virais e alérgicas.

- Lichia: Rica em vitamina C, auxilia na imunidade e tem propriedades antiinflamatórias.

- Gengibre: Auxilia nas defesa do organismo, ação bactericida, possui vitamina B6 e C.

- Cogumelo shitake: Rico em lentinana, nutriente capaz de estimular a produção das células de defesa (macrófagos e linfócitos) e aumentar a imunidade.

- Castanha-do-Pará : Rica em selênio, antioxidante, combate aos radicais livres, que também turbina o sistema imunológico. Consumir uma ou duas por dia é suficiente para suprir as necessidades diárias de selênio.

- Batata yacon : Contém frutooligossacarídeos (FOS) importantes para a saúde intestinal, e consequentemente, para imunidade.

- Iogurte natural : Rico em lactobacilos com propriedades probióticas, que melhoram a flora intestinal e fortalecem o sistema imunológico. O alimento também ajuda no controle do sobrepeso e obesidade.

- Vegetais verde-escuros: Brócolis, couve, couve de Bruxelas, rúcula e espinafre são fontes importantes de ácido fólico e vitaminas A, B6 e B12, que possuem papel na maturação das células imunes, ajudando na resistência às infecções. São ricos em ácido fólico, nutriente que participa da formação de glóbulos brancos, responsáveis pela defesa do organismo.

- Frutas cítricas: Laranja, acerola, limão, kiwi, e morango são ricas em vitamina C, antioxidantes, fibras, flavonóides e propriedades antiinflamatórias. As frutas cítricas aumentam a imunidade são importantes para a prevenção do câncer e doenças cardiovasculares.

segunda-feira, 20 de maio de 2019

Alimentos que limpam as Artérias impedindo a formação de placas



Ter uma alimentação balanceada é o principal fator para manter a saúde e evitar doenças. 
Cada dia, mais pessoas morrem de doença cardíaca do que por qualquer outra causa e muitas dessas mortes são causadas pelo que estão colocando em seus pratos. 

Isso ocorre porque certos alimentos levam ao acúmulo de placas nas artérias, bloqueando o fluxo de sangue e aumentando a chance de um ataque cardíaco, aneurisma ou derrame (AVC). No entanto, certos alimentos podem ser grandes amigos das suas artérias, impedindo a formação dessas placas que as bloqueiam.

Principais Alimentos que impedem a formação de placas nas artérias


Abacate – Um alimento bem conhecido por suas gorduras saudáveis ​​é o abacate. Essa fruta pode reduzir o colesterol ruim em até 17% e também aumenta o colesterol bom. Abacates são ótimos como guacamole, vão bem em saladas e sanduíches, em sobremesas e até como acompanhamento.

Azeite de oliva – O azeite é um óleo saudável e ótimo para o bem-estar de seu coração. Ele fornece ao seu corpo gorduras saudáveis ​​e ainda trabalha para reduzir o colesterol ruim. Pode ser consumido diariamente: Adicione às massas, saladas ou até sobre vegetais. O consumo regular de azeite pode reduzir o risco de um acidente vascular cerebral em 41%.

Castanhas – Castanhas e nozes podem ajudar o seu coração com suas boas gorduras. Elas contêm gorduras monossaturadas, ácidos graxos ômega-3 e ácido alfalinolêico, substâncias que reduzem os níveis de colesterol ruim. Um punhado de nozes, castanhas-de-caju ou amêndoas já é o suficiente para proporcionar uma nutrição adequada nesse sentido. Consuma como um lanche entre as refeições ou adicione à salada, como elemento crocante.

Aspargos – Os aspargos removem coágulos e diminuem a inflamação, ajudando a manter suas artérias desobstruídas. Eles acrescentam um belo sabor à sopas, saladas ou massas, e também podem ser comidos sozinhos.

Brócolis – O brócolis é uma grande fonte de vitamina K, que impede que o cálcio danifique suas artérias. Este vegetal reduz os níveis de colesterol ruim e ajuda na regulação da pressão sanguínea. Coma uma xícara de brócolis por dia no almoço, ou adicione-o às saladas ou sopas.

Caqui – Este fruto laranjado é uma rica fonte de fibra, polifenóis e antioxidantes. Juntas, essas três substâncias ajudam a prevenir o acúmulo de colesterol, reduzir o colesterol ruim e os triglicerídeos e combater os radicais livres. Isso faz do caqui uma superfruta e, portanto, use e abuse: Coma no lanche, adicione-o às saladas de frutas ou vegetais, ou faça uma geleia ou compota.

Salmão – Assim como as nozes, este peixe de água doce possui uma grande variedade de gorduras saudáveis. Ele é rico em ômega-3, que ajuda a reduzir os níveis de triglicerídeos, diminuir a inflamação e aumentar os níveis de colesterol bom. Além de tudo, ele é uma deliciosa opção tanto no almoço como no jantar! Peixes como atum e arenque também oferecem benefícios de saúde semelhantes.

Curcumina – Esta especiaria de cor amarela é encontrada no açafrão, e trabalha para eliminar depósitos de gordura e diminuir as inflamações, tudo de bom para a saúde de suas artérias. Adicione esta especiaria a pratos como cuscuz, arroz ou carnes.

Canela – Este delicioso tempero pode adicionar mais sabor a um pedaço de torrada, pratos doces e salgados ou até mesmo a um chá. Além do sabor, a canela também traz benefícios à sua saúde, principalmente evitando a formação de placas nas paredes das artérias e reduzindo os níveis de colesterol ruim em até 26%. Você já terá benefícios adicionando apenas algumas colheres de chá por dia à sua dieta.

Suco de laranja – Um copo de suco de laranja espremido na hora tem uma abundância de nutrientes e quantidades elevadas de antioxidantes, que melhoram a função dos vasos sanguíneos, além de reduzir as pressões diastólica e arterial. É recomendado que você beba dois copos por dia, entre as refeições ou no café da manhã.

Chá verde – Esta bebida quente contém o antioxidante catequina, que traz diversos benefícios à saúde. Ele evita que o colesterol seja absorvido pelo organismo e combate a obesidade. Desfrute de uma ou duas xícaras por dia, a qualquer hora.

Melancia – A melancia é um fruta refrescante por si só, além de ir bem em saladas de frutas ou vegetais, ou como uma bebida. Ela contém grandes quantidades de um antioxidante que estimula a produção de óxido nítrico, o que ajuda a dilatar os vasos sanguíneos e, geralmente, promove uma boa saúde do coração.

Cereais integrais – Quando você come grãos integrais, pode reduzir seus níveis de colesterol ruim. Isso acontece por causa das grandes quantidades de fibra solúvel encontrada nos grãos, que se ligam ao colesterol ruim e evitam que ele se acumule nas artérias. Consuma todos os dias pães e arroz integrais, aveia, etc.

Espinafre – Este vegetal de folhas verdes é rico em potássio e ácido fólico, o que reduz o risco de desenvolver doenças cardíacas em até 11%. Comer este vegetal fresco diariamente ajuda a desobstruir as artérias e reduz a pressão arterial. Ele acrescenta sabor às saladas e sanduíches e é um acompanhamento fácil de preparar de várias maneiras.

Romãs – Essa fruta adiciona um sabor rico à saladas e vitaminas e possui grandes quantidades de fitoquímicos, que incentivam a produção de óxido nítrico, ajudando a evitar que suas artérias entupam. Além disso, esses fitoquímicos também regulam o fluxo sanguíneo.

Fonte: sosortomolecular

quinta-feira, 16 de maio de 2019

Qual deve ser o consumo mínimo diário de frutas?


A OMS recomenda consumo mínimo diário de 400g de frutas e vegetais, com aumento do consumo de alimentos ricos em fibras e de nozes e assemelhados. 
.
A base principal para recomendar o aumento do consumo de frutas, verduras (folhosos como alface, couve, espinafre), legumes (tomate, abóbora, feijão), cereais integrais (trigo, aveia) e de nozes ou assemelhados (nozes, castanhas, amendoim) está na possibilidade desses alimentos poderem substituir outros de alto valor energético e baixo valor nutritivo, como cereais e grãos processados e açúcar refinado, básicos na preparação de alimentos industrializados e fast foods. 

Uma alimentação saudável, além de sua possível contribuição no balanço energético, eles podem introduzir nutrientes com efeitos significativos na saúde geral dos indivíduos e, mais especificamente, na prevenção de obesidade, diabetes tipo 2, doenças cardiovasculares e certos tipos de câncer, como discutido a seguir. 

A OMS recomenda:

- Adotar níveis adequados de atividade física durante toda a vida. Diferentes tipos e quantidades de atividade física são necessários para se obter diferentes resultados na saúde.

- A prática regular de 30 minutos de atividade física de moderada intensidade, na maior parte dos dias, reduz o risco de doenças cardiovasculares e diabetes, câncer de cólon e de mama. 

- O treinamento de resistência muscular e equilíbrio podem reduzir quedas e aumentar a capacidade funcional nos idosos. Maiores níveis de atividade física podem ser necessários para o controle de peso.

Postagem em destaque

Café ajuda Emagrecer

De acordo com um estudo realizado na Inglaterra, o consumo de Café pode estimular 'gordura boa' e ajudar na perda de peso. Existe...