terça-feira, 10 de dezembro de 2019

Quitosana - Fibra que elimina a Gordura



A quitosana é um composto natural que é utilizado para auxiliar na perda de gordura e peso. Diferentemente da maioria dos suplementos de ervas, a quitosana, na verdade, vem da casca do marisco, algo que é relativamente raro na indústria de emagrecimento. Mas é um processo 100% natural e que funciona muito bem.

Quando você come alimentos eles são absorvidos no estômago, empurrados em sua corrente sanguínea e, potencialmente transformado em gordura. Mas, quando você toma o suplemento de quitosana, os compostos formam vínculos com a gordura em seu estômago, o que torna muito difícil para a gordura ser digerida. Uma grande parte da gordura que você come vai passar através de seu sistema digestivo e ser evacuado. Quando isso acontece, seu corpo entra em um déficit calórico e você começa a emagrecer.

Esse poderoso complemento alimentar deve ser ingerido de 15 minutos a meia hora antes das refeições. Seguida essa recomendação, ele elimina aqueles quilinhos a mais que iriam virar pneuzinhos e saltar da sua calça. 

Não à toa, a quitosana é conhecida como "esponja de gordura" - justamente porque absorve esses excessos indesejáveis. 

Gel no estômago

"Dentro do estômago, a substância se transforma em um gel com capacidade de absorver gorduras. Depois, essas gorduras são eliminadas nas fezes", explica Heloisa Rocha, médica ortomolecular e autora do livro Emagreça com a Dieta das Estrelas (ed. Abril).

Sozinha, a quitosana é capaz de fazer uma pessoa perder até 250 calorias por dia. Basta tomá-la com bastante água e combiná-la à sua dieta preferida e um pouco de exercício físico.

sexta-feira, 6 de dezembro de 2019

Vitaminas - Posso Tomar?


Porque tomar Vitaminas ?

A dieta habitual da maioria das pessoas é deficiente em um ou mais nutrientes essenciais. Freqüentemente o trabalho, o stress e outras condições cotidianas provocam uma maior incidência dessas deficiências nutricionais. 


O consumo do álcool, fumo e medicamentos são importantes agravantes dessa situação. Por essa razão, é fundamental que a alimentação. bem como o uso do suplemento nutricional, proporcionem as melhores condições para que o organismo enfrente os desafios que lhe são impostos.

As vitaminas e os minerais são essenciais para atender nossas necessidades nutricionais e para a manutenção da saúde. Tais nutrientes são valiosos para a boa manutenção dos tecidos, dos neurotransmissores, do sistema imunológico, do equilíbrio hormonal e como agentes antioxidantes.

Prefira Vitaminas com Minerais Quelados

Os minerais quelatos representam um avanço no campo da nutrição humana e proporciona maior absorção dos minerais existentes em sua fórmula (alta biodisponibilidade) do que os outros suplementos minerais.

Fonte: Biolab Farmaceutica.

quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

Fibras Alimentares reduz pela metade o risco de câncer



As fibras dietéticas ou alimentares são nutrientes encontrados nos vegetais que não são digeridos pelas enzimas do sistema digestivo humano, não possuindo calorias. Esses nutrientes pertencem ao grupo dos carboidratos, fazendo parte da categoria dos polissacarídeos (carboidratos complexos).

Nos últimos anos, as fibras alimentares ou fibras dietéticas vêm despertando grande interesse em pesquisas científicas. Entretanto, a investigação sobre o papel das fibras na dieta no organismo humano não é nova. 


A propriedade laxativa do farelo de trigo é reconhecida desde do tempo de Hipócrates e foi comprovada por pesquisas científicas realizadas nos anos 30, valorizando o emprego das fibras alimentares para tratar a constipação intestinal.

Nos anos 50, alguns pesquisadores começaram a notar que em coletividades não submetidas aos processos da industrialização de alimentos, os casos de constipação intestinal eram raras, ou mesmo inexistentes.

Os cientistas chegaram a seguinte conclusão: se o homem voltasse à dieta para o qual está geneticamente adaptado, com mais itens vegetais, naturalmente consumiria mais fibras alimentares e menos gordura, trazendo diversos benefícios para a saúde, prevenindo a incidência de câncer e doenças cardiovasculares, que juntas correspondem a mais de 80% de mortes prematuras em países desenvolvidos e subdesenvolvidos como no caso do Brasil.

Um estudo da Universidade de Leeds indica que o consumo diário de 30 gramas de fibras presentes nos alimentos reduz pela metade o risco de câncer de mama .

Outro estudo indica que o consumo de fibras, particularmente de grãos integrais, diminui os riscos de desenvolver doença pulmonar obstrutiva crônica. O consumo de fibras também está associado à prevenção contra diabetes.

Dentre todas as virtudes das fibras alimentares, a mais conhecida por quem busca uma dieta equilibrada é, sem dúvida o bom funcionamento do intestino e prevenção de doenças, além de terem efeito sobre diversos parâmetros fisiológicos.

sexta-feira, 29 de novembro de 2019

Higienizar as mãos é essencial para prevenir doenças

A Anvisa busca mobilizar os chamados serviços de saúde, categoria na qual se incluem hospitais e clínicas, para que participem desse esforço mundial com o objetivo de aumentar a adesão dos profissionais de saúde à prática. Nesse sentido, uma das ações é a disponibilização de materiais informativos sobre o tema.

A comemoração global visa a uma maior conscientização de profissionais de saúde, governos, gestores e administradores hospitalares sobre a importância da higienização das mãos. A medida é considerada a mais importante e de menor custo para a prevenção e o controle das infecções nos serviços de saúde.

Higienização das mãos no hospital


A higienização das mãos deve ser realizada pelos profissionais de saúde, à beira do leito do paciente, nos seguintes momentos: antes e após contato com o paciente, antes da realização de procedimentos invasivos, após risco de exposição a fluidos corporais e após contato com superfícies próximas ao paciente.

As mãos podem ser higienizadas, preferencialmente, com preparações alcoólicas para as mãos (sob a forma líquida, gel, espuma e outras) ou com água e sabonete líquido, lembrando que todos os produtos devem estar devidamente regularizados na Anvisa.

quinta-feira, 28 de novembro de 2019

Estratégica para Perda de Peso com Água


Depois de um período entregue às guloseimas e de noites e mais noites de descontrole diante da mesa do jantar, você nota que o peso aumentou.

Começa o regime, passa a comer menos doce, capricha no consumo de fibras e vegetais, troca o pão branco pelo integral, corta o refrigerante, e todo esse esforço não surte aquele efeito desejado depressa. Será que já se viu nessa situação?

Pois então saiba o que anda alardeando um time de especialistas da Universidade da Virgínia, nos Estados Unidos. Eles descobriram uma estratégia simples, eficiente e barata quando o assunto é perda de peso: tomar água.

De acordo com o estudo, quem bebe dois copos do líquido — zero caloria — antes de cada refeição dá menos garfadas e, consequentemente, elimina mais quilos do que aqueles que abrem mão da fórmula H2O de emagrecimento.

Para corroborar a tese, os cientistas americanos dividiram em dois grupos homens e mulheres acima do peso ou até mesmo obesos, gordos pra valer, com idade entre 55 e 75 anos. Metade dessa gente foi orientada a seguir uma dieta de baixa ingestão calórica e beber água antes do café da manhã, almoço e jantar. O restante adotou o mesmo regime alimentar, porém sem recorrer aos goles de água.

Depois de 12 semanas, o primeiro grupo havia perdido em média 15,5 quilos — um sucesso comparado aos 11 quilos do outro.

Leptina - Hormônio da Saciedade

“Ao tomarmos água, a leptina e o PYY, dois hormônios envolvidos no controle da saciedade, são liberados pelo estômago”, especula Danielle Fava, nutricionista de São Paulo.

A leptina atua no próprio estômago, enquanto o PYY é produzido no momento em que a água chega ao intestino. São eles os responsáveis por enviar a mensagem de que estamos satisfeitos ao cérebro. Ao receber essa informação, a massa cinzenta se contentará com pratos menos fartos.

“É como se enganássemos o cérebro”, compara Silvia Papini, nutricionista da Universidade Estadual Paulista (Unesp), em Botucatu, no interior do estado. Beatriz Botequio, nutricionista da Equilibrium Consultoria, em São Paulo, acrescenta: “A própria distensão do estômago provocada pela entrada do líquido também já colabora para a sensação de barriga cheia, freando a comilança”.

Segundo a pesquisa americana, pessoas de meia-idade e idosos são os maiores beneficiários do efeito emagrecedor da água. Isso porque, com o passar dos anos, o estômago desacelera seu trabalho e tende a levar mais tempo para se esvaziar. “A água fica retida ali, o que prolonga ainda mais o estado de saciedade”, afirma Ricardo Rosenfeld, chefe da equipe de terapia nutricional da Casa de Saúde São José, no Rio de Janeiro.

Para completar o trabalho, os cientistas da Virgínia foram checar o que tinha acontecido com os participantes da investigação um ano depois. E incrível: aqueles que continuaram tomando água antes das refeições tinham emagrecido mais. Estavam cerca de 2 quilos mais leves, em média. Só um detalhe: a estratégia funciona bem quando você molha a garganta entre uma e meia hora antes de se sentar à mesa.

Postagem em destaque

Quitosana - Fibra que elimina a Gordura

A quitosana é um composto natural que é utilizado para auxiliar na perda de gordura e peso. Diferentemente da maioria dos suplement...