segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Acabe com a Má Digestão e Prisão de Ventre


Todas as pessoas comumente relatam problemas digestivos como má digestão ou prisão de ventre.

Quando as pessoas queixam-se, eles usualmente relatam uma ou mais situações a seguir:

- Freqüente eructações (arroto) do ar proveniente do estômago.

- Sensação de estufamento após alimentação.

- Freqüente passagem de gás pelo reto (flatulência).

Esta situação pode ser desconfortável ou inconveniente mas raramente esta queixa é associada com uma doença séria. É usualmente resultado de hábitos ou escolhas alimentares.

Ocorre por duas situações: como resultado do ar deglutido ou produzido no intestino. Deitar após alimentação, sedentarismo e stress pode contribuir para o problema. Se o médico suspeitar que o empaxamento é resultado de alguma doença, exames serão solicitados para diagnosticar o problema.

Eructação (arroto): Todos rotam ocasionalmente, especialmente após a alimentação. Algumas pessoas rotam freqüentemente tornando-as aborrecidas e provocando situações embaraçosas. O roto é resultado de muito ar no estômago, provocado pela deglutição do ar com o alimento ou líquido. O estômago libera o ar pela contração de suas paredes devido ao excesso de ar no seu interior.

DICAS

- Mastigar bem os alimentos.

- Evitar pimentas, cigarros, goma de mascar, tomar refrigerantes com canudinho ou diretamente na garrafa, e dentaduras que não estejam bem fixas. Eles podem aumentar a saliva e deglutir mais ar.

- Evitar alimentos que contém ar, tal como refrigerantes ou cremes batidos.

- Coma vagarosamente.

EMPAXAMENTO

Por desconhecidas razões, empaxamento - sensação de estufamento no abdômen - ocorre mais freqüentemente em mulheres. Algumas pessoas sentem dor. Esta situação não é necessariamente causado por excesso de gás. Usualmente é resultado de uma deficiente motilidade.

Motilidade é uma contração automática do intestino para mover o alimento à diante. Motilidade deficiente mostra movimentos vagarosos do alimento pelo estômago e intestino. Alimentos gordurosos podem retardar o esvaziamento gástrico, levando ao empaxamento. Esta queixa é parte da síndrome do cólon irritável, uma condição em que a motilidade é desordenada e excessiva. Em algumas situações é causado por alguma doença no estômago ou intestino.

Por essa razão, o médico poderá solicitar exames, incluindo raios-X e endoscopia. Quando esta queixa é freqüente, o médico poderá receitar medicamentos para estimular a contração do estômago e do intestino. Na grande maioria das vezes, o empaxamento não é nada sério. Pode ser causado por certos alimentos ou simplesmente por comer rápido demais. Assim, a mudança dos hábitos alimentares é necessária para controlar esta condição.

FLATULÊNCIA

Excesso do gás retal é mais freqüentemente produzidos pelas bactérias do intestino grosso. Há centenas de diferentes tipos de bactérias normalmente presentes no intestino. Elas são benéficas para a digestão. As bactérias contam com os açúcares e carboidratos para a sua nutrição.

No processo de digestão destes nutrientes a bactéria gera gases como hidrogênio, gás carbônico e gás metano. Em condições normais muitos desses gases são absorvidos e portanto sua eliminação é reduzida. Carboidratos e açúcares são normalmente absorvidos no estômago e intestino fino. Algumas pessoas tem desordem que interfere no processo normal da digestão é necessário uma enzima chamada lactase.

A pessoa tendo deficiência da lactase, não será capaz de digerir a lactose. A normalidade na digestão permite que os carboidratos e açúcares passem indigeridos para o cólon, onde encontrarão bactérias formadoras de gases. Alguns alimentos como legumes, repolho, certos tipos de cereais, contém carboidratos que não são digeridos.

Portanto as bactérias do cólon podem usá-los como alimento, conseqüentemente o gás é produzido em excesso. As pessoas reagem diferentemente com o mesmo alimento. Por exemplo: duas pessoas comendo a mesma quantidade de carboidrato uma forma mais gás e a outra menos. Para as pessoas que se incomodam com o excesso de gás, uma dieta especial pode ser recomendada para identificar e eliminar o alimento causador.

ALIMENTOS QUE CONTRIBUEM PARA A PRODUÇÃO DE GÁS

- Legumes: especialmente leguminosas (feijão, soja);

- Leite e derivados;

- Vegetais: repolho, rabanete, cebola, brócolis, couve-flor, couve de bruxelas, pepinos, aspargos, etc.; - Vegetais de raiz:; batatas, nabos;

- Frutas: ameixas secas, maçãs, bananas, damasco, uva passa;

- Cereais e pães: cereais, pães, massas, e todos alimentos que contém farináceos - Alimentos gordurosos: pães fritos, alimentos fritos, carne gorda, alimentos ricos em creme, pastas e alimentos gordurosos; - Líquidos: refrigerantes gaseificados e medicamentos efervescentes.

RESUMO

Todas estas queixas de desconforto abdominal (empaxamento, arroto, etc.), provocam situações de desconforto e freqüentemente de constrangimento. Porém raramente significam problemas de saúde.


Fonte: Gastroweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...