quarta-feira, 29 de julho de 2015

Dor de Garganta - Remédios caseiros para a dor de garganta


Dor de garganta é um sintoma extremamente comum. 

A origem pode ser:

- De uma inflamação da faringe (faringite) ou das amígdalas (amigdalite).
- Em mais de 50% dos casos, a dor de garganta tem origem viral ou alérgica, não havendo, portanto, um tratamento específico para melhorar a inflamação.

Os antibióticos só estão indicados nos casos de faringite ou amigdalite de origem bacteriana.

As dores de garganta de origem viral são auto-limitadas e melhoram espontaneamente após alguns dias. Isso significa que o seu tratamento deve ser apenas sintomático, ou seja, voltado para os sintomas, e não necessariamente para a causa.

A distinção entre faringites (ou amigdalites) virais e bacterianas é muito importante, pois os remédios indicados para tratar a dor de garganta serão diferentes de acordo com a sua causa.

Algumas medidas simples, que podem ser instituídas em casa, ajudam a melhorar os sintomas da dor de garganta. A mais popular é o gargarejo com água morna e sal. Não há estudos que tenham comprovado a sua real eficácia, mas por se tratar de uma medida barata e sem riscos de efeitos adversos, ela é muito indicada.

Modo de Preparo:


Diluia meia colher de sal em 300 ml de água morna e faça vários gargarejos ao longo do dia. Tenha cuidado apenas para não engolir essa água para que você não fique ingerindo quantidades desnecessárias de sal.

Hidratação

Se você tem dor e sensação de garganta seca, hidrate-se bem. Beba bastante água durante o dia. O mesmo vale caso você tenha febre.

Ao contrário da crença popular, a maioria das pessoas pode consumir água fria durante uma crise de dor de garganta. Algumas delas até preferem, pois o frio alivia os sintomas. Chupar gelo ou tomar sorvete também podem ajudar. É preciso lembrar, porém, que algumas pessoas referem ter dor de garganta ao tomarem líquidos gelados. Somente nessas, a ingestão de alimentos frios deve ser evitada.

Bebidas mornas são permitidas, mas se elas estiverem muito quentes, podem ser prejudicais, pois aumentam a inflamação da garganta.

Balas e Pastilhas


Chupar balas ou mascar chicletes ajudam a aumentar a salivação, mantendo a cavidade bucal mais bem hidratada, o que em muitos casos alivia a dor de garganta. É por isso que muitos remédios para faringite vêm sob a forma de pastilhas. Escolha uma que contenha mentol ou eucalipto, pois elas têm um efeito “refrescante” que ajuda no controle da dor.

Sopas


Sopas mornas ajudam, pois, além do fato do consumo de líquidos ser mais bem tolerado que o de sólidos, a sopa tem água e sal, o que pode trazer alívio dos sintomas.

Repouso

O descanso é essencial no tratamento de qualquer infecção. Se a sua garganta está inflamada, evite fazer esforços e procure dormir bastante. Também é importante evitar ambientes com fumaça ou locais muito frios e secos para não perpetuar a irritação da garganta. Fumar durante a crise costuma agravar a inflamação.

Própolis

O própolis é um substância muito famosa e frequentemente associada ao mel. O própolis até apresenta algum efeito anti-inflamatório, mas ele é muito pequeno. Funciona muito menos que qualquer anti-inflamatório comum ou pastilhas para dor de garganta.

Papaína 


A papaína, além de não melhorar a inflamação na garganta, em grandes quantidades pode agravar a dor de garganta.

Marshmallow

A planta do marshmallow tem sido usado há séculos como tratamento para o alívio da dor de garganta. Acredita-se que o marshmallow moderno, produzido industrialmente sob a forma de doces, possa manter algumas dessas propriedades. Esse fato, porém, nunca foi devidamente estudado.

Vitamina C

O consumo de vitamina C, ou qualquer outra vitamina, não melhora nem acelera a cura das infecções de garganta, sejam elas de origem viral ou bacteriana. Frutas são sempre uma opção saudável de alimentos, mas para tratar inflamações de garganta elas não têm nenhum efeito.

Romã

A romã tem ação anti-inflamatória, eficaz no tratamento da dor de garganta, o chá da casca de romã tem funções antissépticas combatendo os microrganismos que causam a inflamação. O chá é feito com uma xícara de água e 6 g da casca, deve ser fervida, deixar tampado até amornar, faça 3 gargarejos por dia para aliviar os sintomas.

Guaco

O guaco tem ação anti-inflamatória, combate a dor da garganta e a tosse. O chá deve ser feito com 3g das folhas de guaco e 150ml (uma xícara de chá) de água. Esquente a água até ela ferver, desligue o fogo e acrescente as folhas de guaco. Tape o recipiente e deixe o chá descansar por 15 minutos. Coe o chá e beba 3 x por dia.

Agrião


O Agrião tem ação anti-inflamatória, expectorante e ainda aumenta a imunidade, o chá pode ser feito com uma xícara água, mel e uma porção de agrião.

Gengibre

O gengibre tem ação bactericida e anti-inflamatória, para aliviar as dores recomenda mastigar pedacinhos de gengibre, pode ser feito o chá com mel, o preparo consiste em deixar raízes, cascas ou talos de molho por cerca de 30 minutos e, após esse período, acrescentar água e levar o gengibre ao fogo por mais de 30 minutos, adoce com um pouco de mel. Ingerir 3x ao dia.

Leia o texto original no site MD.Saúde: MD.Saúde

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...