sexta-feira, 15 de abril de 2016

Alimentos ricos em antocianina reduzem o risco de disfunção erétil


Na edição deste mês da revista médica American Journal of Clinical Nutrition, pesquisadores da Universidade de East Anglia (Reino Unido) e da Universidade de Harvard (Estados Unidos) relataram que alimentos ricos em antocianina, como mirtilo, cereja, amora, rabanete e groselha, reduzem o risco de disfunção erétil em todas as idades, mas, particularmente, em homens com menos de 70 anos. Segundo os pesquisadores, estes benefícios aparacem quando associado a exercícios físicos moderados, o equivalente a cinco horas de caminhada por semana, o benefício é ainda maior.

"A ingestão de alimentos ricos em flavonoides, especialmente na antocianina, tem uma relação positiva com a redução de diversas condições, como diabetes e doenças cardiovasculares. Mas, pela primeira vez, constatamos que também há uma importante associação entre o consumo dessas substâncias e o risco menor de disfunção erétil, um problema que afeta até 50% dos homens de meia-idade”, observa Eric Rimm, professor da Faculdade de Saúde Pública de Harvard e coautor do estudo.

De acordo com o pesquisador, a disfunção erétil é um indicativo precoce de comprometimento da função vascular. Mais do que um incômodo, essa condição é uma oportunidade crítica que temos para intervir e prevenir doença cardiovascular, ataque cardíaco e óbitos relacionados.

No estudo conduzido por Rimm, em parceria com a universidade britânica, os pesquisadores avaliaram registros médicos de estilo de vida de mais de 50 mil homens de meia-idade, participantes de um grande levantamento epidemiológico americano. Essas pessoas tiveram seus dados anotados desde 1986. A cada quatro anos, eram registradas as informações dietéticas e nutricionais. Entre as perguntas, os entrevistadores questionavam se os participantes conseguiam ter e manter ereções. Os pesquisadores também se concentraram em fatores como peso corporal, atividade física, consumo de cafeína e tabagismo.

Mais de um terço dos participantes disseram, ao longo do período de acompanhamento, que começaram a sofrer de disfunção erétil. Aqueles que consumiam uma dieta rica dos flavonoides antocianina, flavona e flavanona apresentaram menor propensão a sofrer dessa condição. “É importante que também sejam feitos exercícios físicos. Sozinhos, os alimentos como o mirtilo reduziram em 14% os riscos de disfunção erétil; mas, associado aos exercícios físicos, o benefício foi maior: redução de 21%”, afirma Rimm.

A redução das chances de surgimento de disfunção erétil em consumidores regulares de mirtilo e outros alimentos ricos em antocianina é de 14%, mas se a dieta for atrelada à pratica de exercícios físicos, o valor sobe para 21%, segundo estudo das universidades de East Anglia e de Harvard.

Alimentos ricos em antocianina


A antocianina é um composto vegetal que atua como um antioxidante eficaz dentro do corpo humano. Ele também é um pigmento que dá a muitos frutos e vegetais uma cor azul, vermelho e roxo escuro, e é encontrada em uma grande variedade de alimentos saudáveis. Os principais alimentos ricos nesta substancia são:

- Berinjela: a berinjela é rica em antocianina que desempenha um papel importante nesta denominação, isto porque, o composto ajuda a proteger as gorduras (lipídios) encontradas nas membranas celulares do cérebro.

- Ameixa: são frutas suculentas, deliciosas, e possuem um alto nível de antocianina.

- Amora, framboesa e mirtilo: essencialmente, qualquer baga vermelha, roxa ou azul terá um imenso acúmulo de antocianinas. Isto inclui mirtilos, framboesas, e amoras. Na verdade, as amoras são conhecidas por ter a maior concentração de antioxidantes, mais do que qualquer outra fruta.

- Aspargo: o aspargo roxo contém uma grande quantidade de antocianinas.

- Banana: considerando que as bananas são amarelas e certamente não possuem uma tonalidade escura, pesquisas mostram que esta fruta é uma grande fonte de antocianinas.

- Repolho roxo: 36 variações diferentes de antocianina são encontrados no repolho roxo

- Uva: todos os tipos de uva são uma maravilhosa fonte de antocianina. A pele da uva é onde estão localizadas as antocianinas.

- Feijão: diversas variedades de feijão são conhecidas por terem pequenas acumulações de antocianina, mas a melhor opção é o feijão preto. Com seu tom escuro, o feijão preto tem uma concentração maior de antocianinas do que outras variedades do alimento.

- Romã: são conhecidas por terem uma grande quantidade de antioxidantes, e a antocianina e é apenas um dos muitos antioxidantes presentes nesta fruta saborosa.

- Cereja: são consideradas uma grande fonte de antocianina. Quanto mais escura a cereja for, mais antioxidantes ela possui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...